Como Salvar Meu Casamento

Como Salvar Meu Casamento
5 (99.56%) 136 votes

Se você já fez essa pergunta, como salvar meu casamento, saiba que o Guia Casamento de Sucesso pode te ajudar, para isso você deve aplicar algumas técnicas muito usadas em terapia de casal, que estão ligadas à inteligência emocional. Você irá ver como é  possível recuperar seu casamento apenas com esse Guia.Como-salvar-meu-casamento

Mas, como salvar meu casamento?

Mesmo um casamento repleto de brigas é possível acontecer a restauração de casamento, aplicando algumas técnicas de comportamento, você consegue tornar o casamento blindado. Em apenas cinco etapas, vamos mostrar como você irá restaurar seu casamento Confira a seguir.

  • Etapa 1

Na etapa 1 vamos te mostrar as principais atitudes que você não deve ter, e assim conseguir evitar uma briga. Muitas vezes, as pessoas nem sequer desconfiam que têm esse tipo de conflito. Mas, que pode acabar prejudicando toda a relação.

Por isso, você precisa se policiar e tomar cuidado com certas atitudes, e logo nos primeiros dias, você irá perceber que as brigas vão diminuindo gradativamente. Com isso, você vai renovando seu casamento, somente com a inteligência emocional.

  • Etapa 2

Na etapa 2 é o momento da avaliação, você deve ter um panorama geral da sua atual situação. Se você deseja mudar de vez seu relacionamento, você precisa aprender a identificar o que está errado e então, com pequenas atitudes saber deixá-lo em ordem.

Todo casamento passa por conflitos, afinal nada na vida é perfeito. Mas se soubermos os passos certos, iremos com toda certeza ter nosso parceiro de volta.

  • Etapa 3

Nessa etapa, você vai entender como consertar seu casamento e evitar que possíveis conflitos retornem. Durante essa etapa também, você começa a entender com mais clareza, como as coisas chegaram a esse ponto e como fazer para que não aconteça novamente.

  • Etapa 4

Como todo casamento em crise, é comum as pessoas sentirem  ressentimentos. E para evitar essa situação você deve compreender o que está se passando e deve perceber também se seu parceiro ainda tem ressentimentos pelo momento em que o casamento está passando.

  • Etapa 5

Se mesmo depois de tudo, você ainda sentir que há alguma dificuldade para deixar seu casamento nos eixos, você deve utilizar todas as armas que serão aplicadas nesta etapa.

Com tudo isso, mesmo aqueles casamentos que podem parecer impossíveis de serem salvos, conseguem sair da crise, apenas aplicando esse método.

Quais os benefícios deste Guia, que trará a restauração de seu casamento?

O Guia Casamento de Sucesso Além de fornecer acesso imediato, e recuperação do seu dinheiro em caso de desistência em até 30 dias. O Guia vem com três bônus que irão te ajudar nessa difícil jornada. Confira quais são eles:

1-Como salvar meu casamento depois de traído

Mesmo ainda com uma traição, você consegue recuperar seu casamento. Embora pareça estranho, algumas mulheres conseguem ter o marido de volta, depois de serem traídas. Afinal, a traição pode ser o recomeço.

2-Entenda a crise da meia idade

Pessoas que já estão casadas há 20, 30, 40 anos é normal enfrentar uma crise assim, mas mesmo essa crise também é possível consertar.

3-Tenha uma discussão honesta

Com apenas cinco regras simples, você consegue contornar a situação, tendo uma conversa que irá ajudar a aproximar os dois, e evitar que a chama da confusão se espalhe.

Afinal, porque alguns casamentos entram em crise?

Cada ser humano tem um comportamento específico, por isso a inteligência emocional já tão falada aqui neste artigo, deve constantemente ser utilizada. É através  da inteligência emocional que muitas brigas podem ser evitadas.

Iremos exibir alguns tipos de comportamentos que podem trazer conflitos no dia a dia de qualquer casal, identificando esses comportamentos você irá conseguir manter seu casamento vivo, confira os comportamentos a seguir.

1-Sanguíneo: é aquele tipo de pessoa que qualquer coisa se irrita, é barulhenta e desorganizada.

2-Melancólico: é o famoso pessimista, teimoso e que acaba duvidando de tudo, às vezes duvida até de Deus.

3-Colérico: geralmente é uma pessoa muito vingativa, que fica nervoso muito rápido, com esse tipo de pessoa não se deve gritar, pois o grito só irá dificultar a relação.

Conhecendo esses comportamentos, fica mais fácil aplicar a inteligência nos gerenciamentos das emoções, e assim conseguir manter a paz no ambiente.

Opinião do especialista: crise no casamento

De acordo com vários psicólogos que atendem a área familiar, há alguns sintomas que são comuns para identificar se um casamento está em crise. Vamos mostrar alguns a seguir, esses sintomas podem ser comparados com assuntos já tratados até agora.

1-Falta de diálogo

Quando a relação já começa a ser unilateral, é sinal de que algo não anda nada bem. Quando somente uma das partes, é quem resolve tudo, já é um sinal de que a relação está em crise.

2-É possível contornar as brigas no casamento?

As brigas no casamento podem surgir dos conflitos de prioridades, atualmente por conta da rotina estressante que cada um de nós temos, é comum as pessoas acabarem brigando por causa de algum ponto de vista diferente.

Podemos evitar brigas sim, e isso só é possível se aprendermos a observar certos comportamentos como veremos a seguir.

  • Pouco companheirismo;
  • Não comunicação;
  • Falta de compartilhamento de problemas;
  • Falta de afeto de ambas as partes;

3-Reatando o amor e diminuindo os problemas

A monotonia pode acabar desgastando o casal, por isso em alguma etapa da vida de casado, se sentir que a rotina está atrapalhando, você deve criar algum momento inovador, que irá causar surpresa em seu parceiro.

Quem pode ensinar como salvar meu casamento?

Existem terapias de casal, ou métodos como o O Guia Casamento de Sucesso , que têm ajudado a muitos casais, na jornada da reconquista. Com o auxílio, seja de uma terapia ou do método, os casais podem criar uma melhor interação e expor de maneira sensata as suas dificuldades.

Clique Aqui e veja o artigo onde fiz uma análise completa do Livro Casamento de Sucesso.

A Renata criadora do método Casamento de Sucesso trouxe para a nossa realidade o que há de mais atual sobre inteligência emocional para relacionamentos, fazendo com que seu livro se tornasse um grande sucesso na nas redes sociais trazendo mudança na vida de milhares de mulheres como foi o caso das alunas Gabriela Souza, Danielle Siqueira, Andreza Guedes e Diana Sampaio. Veja o Depoimento delas AQUI!

Ficou curiosa? Clique aqui e veja a análise completa que eu fiz do livro Casamento de Sucesso.

Pessoas difíceis de se relacionar, podem ter casamentos complicados?

Tímidos ou pessoas com gênio difícil podem ter dificuldades de relacionamento, seja em qualquer esfera social, na família, na sociedade, e até no próprio casamento.

Muitas vezes, podemos encontrar pessoas que apresentam algum desequilíbrio psicológico, como distimia, que tem por  sintomas: mau humor, pessimismo, ou mesmo ataques constantes de fúria.

Logo, quando encontramos uma pessoa com essas características, devemos sempre lembrar que o ser humano é feito de defeitos e qualidades, e devemos sempre prezar pelo que essa pessoa tem a nos oferecer de bom, mesmo quando apresenta suas características.

Ao analisar uma pessoa que apresenta algum distúrbio psicológico, precisamos sempre nos colocar no lugar dela, entender porque ela está reagindo daquela maneira. Muitas vezes pode ser por algum trauma de infância, ou alguma experiência ruim.

Antes de julgar o comportamento do outro, é necessário fazer uma autoanálise, e assim saberemos até onde podemos ajudar, com amizade e companheirismo.

Saber lidar com conflitos na família, ajuda o casamento

As  brigas na família, podem acabar afetando o casamento. Nesse caso, o casal deve ter bom senso, para saber separar o que é do casamento e o que da família.

Mesmo que seja da família, você nunca deve tomar as dores de uma das partes, e nunca deve deixar que seus familiares fiquem brigando como se fosse uma atitude normal.

Se as brigas na família ficarem constantes, e chegar a um ponto que você não consegue mais resolver, você deve seguir os seguintes passos para reaproximar seus familiares,  e assim evitar que as brigas acabem prejudicando seu casamento. Confira os passos a seguir.

  1. Promova uma aproximação;
  2. Crie dinâmicas para que cada um possa abrir seu coração;
  3. Saiba que todos nós podemos errar;
  4. Saiba utilizar a empatia;
  5. As pessoas também aprendem com os erros do dia a dia;
  6. Seja humilde, peça desculpas sempre que possível;
  7. Corrigir os erros é muito importante;
  8. Busque um mediador para resolver os problemas;

Crises de relacionamento exigem mudança total

Se nós mesmos percebemos que, há algo errado em algum tipo de relacionamento que temos, é importante detectarmos se o problema não está em nós ou se está no externo. Após adquirir maturidade suficiente, para então descobrir onde está o erro, é hora de agir.

A ação está na percepção de sabermos onde e quando é preciso mudar, e assim com pequenas atitudes nos tornamos uma pessoa cada vez mais em evolução.

O processo de evolução não acaba com o fim do tratamento, ele deve ser contínuo, e requer exercícios práticos para que não nos deixe voltar a estaca zero e perder tudo o que foi conquistado até agora.

A evolução faz parte do processo natural do ser humano, e esta jamais deve ser deixada de lado.

Mudar pequenos  “comportamentos ruins” , podem trazer grandes mudanças, como ignorar certos comentários, seja do marido ou de algum familiar, pode acabar evitando longas brigas.

Tudo parte do respeito mútuo, se sabemos respeitar e se dar ao respeito, todos irão ficar perto de nós. Mas, caso contrário, se tratamos as pessoas com falta de respeito, e não respeitamos o limite delas, fica complicado a convivência.

Como driblar a dificuldade de respeitar o outro?

É possível entender a dificuldade do outro e salvar seu casamento, mas vai depender muito da questão do respeito e de compreender as dores e os limites que cada um de nós temos.

Já sabemos que, para aprender a respeitar os limites do outro, antes precisamos passar por um processo de maturidade espiritual, que parte do princípio de saber dar e receber.

Devemos ter muito cuidado com as pessoas que apresentam as características de invasivos e invasores. Iremos exibir quais as diferenças de uma para a outra.

*Invasivos: são aqueles que só pensam em si mesmos, e respeitar os outros não está incluso em seus princípios. São as pessoas egoístas.

*Invadidos: são o oposto dos invasivos, aqueles que são muito generosos e sua generosidade acaba os deixando tolos, e as pessoas que são invasivas se aproveitam do ponto fraco dos invadidos para satisfazer suas vontades.

Salvar um casamento, na maioria das vezes pode ser um processo trabalhoso, mas que se conseguimos como lapidar, iremos ter resultados magníficos.

Como o Guia pode salvar seu casamento definitivamente?

O Guia Casamento de Sucesso irá ajudar nesse processo, mostrando como detectar certas características que podem danificar o processo de reconquista, e como você deve fazer para evitá-lo.

Se você quer deixar seu casamento blindado, você irá saber quais os procedimentos certeiros que você deve aplicar em seu dia a dia, mesmo em casos que possam parecer complicados para alguns, se você ver os testemunhos de quem já usou o método, irá saber que não é impossível.

Agora você já sabe o que fazer com o casamento em crise, você irá aplicar os conceitos de forma gradativa, e verá que os resultados irão aparecer em poucos dias. Mas lembre-se, que esse processo deve ser cotidiano.

Se você deseja realmente a reconquista, você nunca deve desistir, pois a autora mesma conta em seu vídeo que, seu marido até já tinha saído de casa. E mesmo assim, com a ajuda de procedimentos básicos, como mudar o ponto de vista, ela conseguiu trazê-lo de volta.

Então, se ela conseguiu você também vai conseguir, saiba que todo processo, seja ele de qualquer natureza, dá  trabalho, é cansativo, mas recorde-se de que não é impossível. Todos nós podemos conseguir algo, se realmente é o que desejamos.

Porque casamento é importante e deve ser salvo?

Casamento é a base da sociedade, e este deve ser respeitado diariamente. Um casamento desestruturado pode provocar complicações irreversíveis na sociedade.

Para evitar esses transtornos, qualquer problema precisa ser reparado, para que não se reflita no meio externo. Pessoas mau-humoradas, que possuem algum problema emocional, podem ter como causa um casamento ou uma relação mau resolvida.

Por fim, salvar um casamento deve ser tratado como uma tarefa que deve ser levada muito a sério e deve ter apoio de ambas as partes. A pessoa deve fazer todos os procedimentos possíveis para dar certo e ainda poder servir de case para outras pessoas que estão com o mesmo problema.

Conheça aqui o 👉  O Guia Casamento de Sucesso 👈 e Começe agora mesmo salvar ou restaurar seu casamento.